Poste LED, qual é a potência certa pra mim?

As lâmpadas LED têm uma potência maior do que as incandescentes. Isto quer dizer que as primeiras transformam 95% da sua potência em luz, em vez de calor, ao contrário das segundas que em média transformam apenas 5% da sua capacidade em iluminação e o resto se perde em ondas de calor, o que também faz com que gastem mais energia e esgotem sua capacidade mais rápido. Portanto, é muito vantajoso substituí-las por LED.

Contudo, diante da variedade de novos produtos disponíveis no mercado, como fazer a melhor escolha para a sua construção? Neste texto, vamos ver os quatro critérios que devem ser verificados na compra: potência, voltagem, temperatura da luz e tipos de conectores. Continue lendo!

Potência

Refere-se à intensidade da luz, ou seja, vai tornar um ambiente com pouca ou muita iluminação. Aqui, o ideal é que a lâmpada emita mais luz (que tenha maior quantidade de lúmens) gastando menos energia (que tenha menor quantidade de watts).

Para trocar para LED, compare o número de lúmens dele com o da sua antiga lâmpada. Já o número de watts entre as duas não pode ser comparado, porque LED consome menos energia. Mas basta lembrar:

1 Watt de LED = 10 Watts de incandescente ou 25 Watts de fluorescente.

Voltagem

Existem quatro tipos de voltagem para as lâmpadas LED:

- 12 volts;

- 110 volts;

- 220 volts;

- bivolt.

Para saber qual dessas é a mais compatível com sua construção, verifique qual a voltagem da rede de tensão da sua região. Outra solução, no entanto, é simplesmente comprar lâmpadas bivolt, que funcionam muito bem tanto com voltagem de 110, quanto de 220 volts. As lâmpadas de 12 volts, cuja iluminação é mais delicada, são as mais indicadas para ambientes de sanca em gesso.

Você encontra o LED ideal para a voltagem da sua construção aqui na Aladin Iluminação.

Temperatura da luz

Não confunda este conceito com a temperatura da lâmpada. Aqui, estamos nos referindo à cor da sua luz! Este aspecto é importante porque, além da necessária harmonização com as cores das paredes e móveis do ambiente, ele também transmite a sensação que se deseja para o lugar: se é mais aconchegante, com o objetivo de relaxar, que pede cores mais quentes, ou se é um ambiente de mais atividade, que exige mais concentração no trabalho, que pede cores mais frias ou neutras.

Antigamente, as lâmpadas LED eram apenas brancas, mas hoje, existem as de praticamente qualquer cor (azul, verde, vermelho, por exemplo) ou as de luz amarela, imitando as incandescentes. Mas as lâmpadas de luz branca continuam sendo importantes, porque hoje elas apresentam variedades desse branco:

- Branco quente: Com temperatura na faixa de 3000 a 3500k (kelvin), torna os ambientes mais calorosos, receptivos, aconchegantes. Indicado para salas de estar, de visitas ou de jantar, quartos etc.

- Branco neutro: Com temperatura na faixa de 4000 a 4500k, sua tonalidade é branca com um leve toque de amarelo. Pode ser confundido com o branco quente, porém é mais branco que este. É uma iluminação muito usada em shoppings, mas é difícil de encontrar em LED.

- Branco frio: Com temperatura na faixa de 6000 a 6500k, esse tipo emite uma luz mais próxima da luz do dia, e é indicado para ambientes como cozinha, biblioteca, sala de estudos, banheiro etc.

Você pode escolher lâmpadas brancas ou coloridas aqui na Aladin Iluminação

Tipos de conectores

Outra compatibilidade a ser examinada é a dos conectores da lâmpada e do suporte ou luminária em que ela vai ser instalada (poste, arandela, lustre etc.), para que ela esteja corretamente encaixada.

O ideal é comprar primeiro a luminária, pois provavelmente ela já virá com o seu conector. Caso não venha, compre-o junto com ela. Mas, se você já tiver esse suporte, é só olhar o tipo de conector e verificar na loja qual modelo de lâmpada LED é compatível.

Alguns dos conectores mais comuns são:

- E27: É o mais comum, em formato de rosca;

- GU10: Usado em suportes mais modernos;

- MR16 ou GU5.3: Para spots de lâmpadas dicroicas;

- E14: Mais indicado para luminárias vindas de outros países.

Quer saber mais? Entre em contato conosco da Aladin Iluminação pelo telefone 011 2219-2506 ou e-mail contato@aladiniluminacao.com.br.

 

Iluminação Industrial, por que LED é sua melhor opção?

Antigamente (cerca de 40 anos), a opção mais utilizada para iluminação industrial era a lâmpada de vapor metálico, que proporcionam um bom fluxo luminoso e melhor reprodução de cores, comparada à sua antecessora, a lâmpada de mercúrio.

Guia definitivo para iluminação do condomínios

Reunimos aqui dicas e boas práticas de como iluminar corretamente um condomínio, essas informações foram coletadas com nossos vendedores e são oriundas da experiência diária no atendimento de clientes de condomínios, como síndicos, administradores de condomínios e outros interessados em equipar seus condomínios com iluminação moderna, de qualidade e com o melhor custo-benefício.

Trilhos eletrificados, se ligue nessa tendência

Os trilhos eletrificados são uma opção de iluminação muito utilizada em ambientes comerciais como lojas, shopping e varejistas em geral.

Descubra as lâmpadas PAR

Mais do que clarear um ambiente, a iluminação tem ganhado importância em muitos projetos de decoração. Assim sendo, na hora de reformar ou construir, é muito importante conhecer as opções disponíveis no mercado, como as Lâmpadas PAR 20, 30 e 38.

Poste metálico para câmeras e iluminação

Em alguns ambientes é imprescindível a existência de câmeras de monitoramento e iluminação adequada simultaneamente.

Como iluminar um jardim corretamente

Para iluminar um jardim com sucesso é preciso conhecimento e bom gosto. Veja essas dicas importantes para ter um jardim bem iluminado, seguro, bonito e sem gastar muito, nem ao comprar luminárias e postes, nem na conta de luz e manutenção.

Orçamento pelo WhatsApp