Como iluminar um jardim corretamente

Um jardim, ou lugares similares como uma área externa de um condomínio, praça, parque, hotel, prédio empresarial ou qualquer outra área externa que tem que ficar bem iluminada a noite, tem alguns segredos que os especialistas em iluminação não contam.

Para Iluminar um ambiente corretamente é necessário dominar diversos conceitos e aplicá-los de adequadamente, a fim de conseguir o equilíbrio entre funcionalidade e beleza, entretanto é muita informação para passar em apenas um post aqui do nosso blog, então vamos ser práticos e te dar diversas dicas para que você não cometa erros e tenha sucesso ao iluminar os ambientes, são elas:

 

- Usar a quantidade correta de luz em cada ambiente ou local

- Escolher a quantidade certa de fontes de luz

- Quais tipos de luminária escolher

- Qual é tonalidade de luz certa para cada ambiente

- Emissão de calor

- Atenção aos pendentes

 

Um jardim, normalmente tem muitas plantas, decorativas e ornamentais, de tamanhos, formas e portes diferentes. Um regra básica é identificar os pontos a serem destacados e os pontos que não queremos mostrar.

É importante fazer uma avaliação inicial para identificar os componentes do paisagismo e elementos arquitetônicos que queremos destacar.

Dica: Aqui vale a pena comentar uma dica importante, parece meio óbvia, mas é um erro muito comum, que muitas pessoas cometem e as vezes passa desapercebido.

 

Faça a avaliação para identificar os principais pontos a serem destacados a noite.

Pode ser que você ache que é possível imaginar a iluminação e fazer a avaliação durante o dia, mas não faça isso. Simplesmente porque não funciona. Você pode até acertar usando a imaginação e um pouco de bom senso, mas com certeza vai deixar passar alguma coisa. À noite as necessidades de iluminação ficam mais evidentes, isso minimiza erros que podem custar caro.

 

Agora que você entendeu qual é o horário ideal para fazer o levantamento de necessidades de iluminação conheça os erros mais comuns que são cometidos na hora de instalar a iluminação!

 

Luminária de potência inadequada

Muitas vezes, escolhemos uma luminária pela sua aparência ou preço e não nos atentamos para a quantidade de luz que ela produz. Acontece que nem sempre ela está dimensionada de maneira ideal para o espaço que você precisa iluminar. Escolher uma luminária ou um lustre com potência insuficiente ou potência exagerada, são erros muito comuns.

Além de não deixar o ambiente harmonioso, acaba oferecendo iluminação incorreta. Tenha atenção às dimensões da luminária e da intensidade da luz gerada por ela. Para saber como escolher a luminária com o potência cetrta para cada ambiente leia esse artigo no nosso blog.

 

Investir em poucas fontes de luz

Utilizar poucos postes que utilizam potência mais alta um é um erro clássico. É comprovado que ter mais fontes de luz espalhadas cria um efeito mais equilibrado e agradável, um único ponto de luz requer uma fonte de luz mais potente e isso vai gerar incômodo pelo ofuscamento que esse único ponto de luz muito forte. Distribua para ter harmonia. Isso faz toda diferença no resultado final.

 

Quais tipo de luminária escolher

Existem incontáveis modelos de postes e luminárias, cada um tem uma finalidade específica. Utilizar uma luminária para fazer o trabalho que ela não foi criada para fazer é um erro comum. Vamos dar um exemplo. Um projetor. Normalmente, projetores são potentes (mais de 100W) isso é bom porque consegue iluminar uma área grande, mas por outro lado também podem ofuscar a visão das pessoas na mesma intensidade. A dica é, nunca utilize projetores com foco dirigido para a linha de visão das pessoas. Utilize-os para iluminar paredes, fachadas, grandes árvores, muros altos, etc.

 

Direcionar fontes de luz potentes para iluminar pessoas não é indicado, exceto se isso for feito de maneira adequada. Nos estádios de futebol, por exemplo, os refletores são potentes e estão direcionados para as pessoas, porque o ofuscamento não acontece? Na verdade, o ofuscamento acontece, mas é minimizado por causa da lugar que os refletores são posicionados, eles sempre são fixados muito altos, fora da linha de visão das pessoas.
 

Use essas 3 técnica para posicionar refletores corretamente. Use refletores em apenas duas condições ideais:
- Iluminando elementos do paisagismo ou arquitetônicos
- Iluminando locais onde as pessoas estarão, mas sempre os posicione em lugares altos, a fim de impedir que seu foco de luz ofusque a visão das pessoas. Ofuscamento gera desconforto visual e pode provocar acidentes. Neste caso a utilização de postes se faz necessária para posicionar as fontes de luz em uma altura correta. Conheça a linha de postes de iluminação da Aladin clicando aqui.

 

Além dos projetores existem muitos outros tipos de fontes de luz para valorizar os espaços de jardins.
Os principais são arandelas (luminárias de parede), balizadores (minipostes), postes decorativos, postes de iluminação pública, globos, spots.

 

Arandela

Balizadores

Projetores

Luminária Pública

Globo

Poste Decorativo

 

 

 

Utilizar a tonalidades de cor correta (luz branca, luz amarela ou luz colorida)

Muitas pessoas utilizam luzes de cores erradas na iluminação. Veja em quais locais utilizar cada tipo de luz (temperatura de cor de 6500K, branco frio). A luz que emitem luz branco frio é mais brilhante e menos suave. Ela é ideal para locais que precisam de bastante iluminação e contribuem para deixar as pessoas em alerta, devem ser utilizadas em entrada de veículos, locais no jardim onde é preciso atenção com playgrounds.

 

Luz quente (2700K) ou no máximo uma luz neutra (4000 a 5000K) essas tonalidades de iluminação deixa o jardim mais aconchegante e convidativo. Também é possível ousar e utilizar iluminação colorida. Com cores constantes, ou ainda existem opções de luminárias que muda a cor da luz emitida.

 

 

              

Não prestar atenção na emissão de calor

Cada lâmpada precisa ser checada quanto a emissão de calor. As que emitem calor em excesso, além de deixar o ambiente desconfortável, acabam consumindo mais energia. Na hora de escolher lâmpadas, sempre analise se um de seus diferenciais é a emissão de calor. As lâmpadas LED são as que menos geram calor. Lâmpadas que emitem muito calor podem danificar plantas que estejam perto.

 

Usar luminárias pendentes em locais de passagem

Esse erro também é comum. As luminárias pendentes são muito procuradas no momento e não é para menos, são realmente modernas e ficam muito bem na decoração como um todo.

Porém a falta de experiência faz com que muitas pessoas instalem as luminárias pendentes em locais de passagem. É preciso lembrar que existem pessoas altas. Esse tipo de luminária deve ser usado, principalmente, para iluminar bancadas, mesas de escritório, recepções, mesa de jantar ou algum objeto específico.

 

  Ficou interessado (a)? Então entre em contato com um dos nossos consultores especialistas em iluminação para adquirir iluminação de destaque de produtos que vão valorizá-los e aumetar os resultados de vendas.
 

 

 

 

Comparativo lâmpadas spot

Comparativo lâmpadas spot

Conheça as diferenças entre lâmpadas spot dicroicas, PAR e AR

Tecnologia LED x Vapor Metálico

Tecnologia LED x Vapor Metálico

Benefícios da substituição de lâmpadas de vapor metálico por LED

Iluminação de escritórios

Iluminação de escritórios

Para ter assegurada a produtividade no ambiente de trabalho a iluminação deve ser adequada.

Glossário de iluminação

Glossário de iluminação

Conheça os termos mais usados em iluminação

Iluminação para quadra de tênis

Iluminação para quadra de tênis

Saiba como iluminar corretamente uma quadra de tênis

Iluminação de vias públicas e privadas

Iluminação de vias públicas e privadas

Como distribuir os postes de iluminação de acordo com a largura da rua e avenida

Orçamento pelo WhatsApp

Esse site utiliza cookies para possibilitar a individualização de sua navegação, com filtro de suas preferências para aprimorar anúncios direcionados a você, inclusive com nossos parceiros das redes sociais. Ao aceitar cookies você concorda com nossa Política de Privacidade.